....

Educação Socioemocional 

     A educação socioemocional já era um tema abordado em diversas discussões relacionados à educação, estando presente em todas as 10 competências gerais da BNCC. Porém, o tema ganhou
um grande destaque com a pandemia do COVID-19, que mudou completamente a vida de todos. Foi
necessário, mais do que nunca, prestarmos atenção aos nossos sentimentos e como lidamos com
eles.
          A Educação Socioemocional se refere ao processo, através do qual o aluno desenvolve atitudes e
habilidades para lidar com suas emoções, como criatividade, empatia, colaboração, resiliência,
superação de obstáculos e adaptação a mudanças. Tais habilidades são essenciais em qualquer
aspecto da vida humana, e asseguram a formação integral de cidadãos capazes de exercer um papel
ativo em nossa sociedade, além de ser uma demanda do mercado de trabalho atual.
Ao somarmos o ensino socioemocional com as competências cognitivas, somos capazes de
potencializar o aprendizado dos alunos, formando sujeitos preparados para lidar com os desafios de
sua vida nos âmbitos educacionais, profissionais e sociais.
Portanto, a educação socioemocional deve ser estar inclusa no currículo da escola, sendo trabalhada
nas mais diversas situações, perpassando por todas as disciplinas. Pensando nisso, a CSOL
considera os princípios socioemocionais no planejamento de todas os projetos e atividades
realizadas pela escola, buscamos criar um ambiente humanizado, onde nossos alunos possam se
expressar e se desenvolver emocionalmente e cognitivamente, para que, assim, possamos construir
uma sociedade melhor.

....